22 junho 2018

Maizena para o cabelo: shampoo a seco!

Categorias: cabelos

Raiz oleosa? Não tá com tempo de lavar? Vem comigo que a gente dá um truck! 😉

Vocês sabem que sou adepta do shampoo a seco há tempos, certo? Aqui no blog já tivemos resenha dos shampoos a seco da Batiste, Klorane (resenha de 2009, rs), Clean Freak, e até sobre usar talco como shampoo a seco nós já falamos.

Todos funcionam super bem, mas até agora nada tão acessível, prático e barato como a maisena (maizena, ou amido de milho, como preferir).

sugestão de armazenamento para aplicação

-Infelizmente só tive essa ideia depois que gravei o vídeo, então foi uma sujeirada sem fim... pó branco pra todo lado, rs.

 

Antes e depois 

No antes o cabelo estava todo grudado na cabeça, e no comprimento lindão, mesmo após 3 dias sem lavar,  por causa dessa máscara maravilhosa que mostrei aqui. No depois o cabelo já com a raiz soltinha e mais clara* (quem é loira ainda tem essa vantagem a mais). *Se você esfregar fica menos branco, ok? Eu gosto de deixar assim porque até sair de casa já absorveu.

O modo de uso é igual para todos: aplicar somente na raiz oleosa, de preferência em todo cabelo, sem esquecer dos meios e nuca, massagear BEM a raiz com os dedos, e escovar para os resíduos sumirem e pronto.

As vantagens da maisena: diferente do talco e dos demais, a maisena não deixa a raiz tão áspera e ressecada! Pelo contrário fica até soltinho e macio, além de não dar eletricidade estática, que é muito comum com o talco. Outra diferença foi que não senti as cutículas ressecadas após o manuseio, outra coisa que me incomodava no taco porque resseca demais.

Por fim, a durabilidade também me pareceu superior.

Não custa falar que é um paliativo, ok? Dura um dia que é uma beleza e salva vidas principalmente de quem faz escova/chapinha ou só tem a raiz muito oleosa mesmo, mas após isso o cabelo começa ficar estranho, rs. Tem que lavar, amigue! Tem jeito, não... ainda não inventaram nada melhor que água e sabão -shampoo no caso-, mas pode usar a maisena num dia de sufoco que funciona hiper bem!

 

 

Confere o vídeo com tudo em movimento (caso não abra clique aqui):

 

21 junho 2018

Resenha: Pot Pourri sérum facial Marina Smith

Categorias: Pele

Sérum delícia esse que dona Marina Smith criou, hein?

O Pot Pourri é um sérum facial hidratante, protetor e antioxidante. Vem com 30ml, nessa embalagem de pump super fofinea e custa 109 dinheiros -como diria Marina- aqui na Sephora.

 

Descrição do fabricante:

Sua fórmula é um mix superconcentrado com Ácido Hialurônico, Biosaccharide gum-1, matrikinas Pal-GHK e Pal-GQPR, vitamina B3, vitamina B5, Aloe e Chá verde que serve para hidratar, reparar e proteger a pele contra o envelhecimento.

Modo de usar:  aplicar duas vezes ao dia, sobre a pele limpa e seca, no rosto e no pescoço. Pode ser utilizado antes da maquiagem.

recém aplicado/seco

O que eu achei: a textura do sérum da Marina é um gel bem aquoso e incrivelmente fácil de espalhar. Rende que é uma maravilha e quando seca -em poucos segundos- some completamente, não deixando rastros, nem resíduos.

O cheiro é DELÍCIA e fiquei chocada quando vi que não tem perfume... é cheiro de coisa natural mesmo.

Também não contém parabenos, corantes nem álcool. Quem lembra de minha neura com álcool na pele, mesmo a dermato falando que não tem problema? (Marina, porque não tem álcool no seu sérum? Faz mal, não faz? Eu sabiaaaa! rs.)

Bom, mas o que o Pot Pourri fez na minha pele? Deixou mais macia, levemente mais lisinha e suavemente hidratada. Ele é indicado para peles oleosas e mistas então é tudo que a gente espera em termos de hidratação.

O fato dele conter ácido hialurônico, vitaminas B3 e B5, chá verde e aloé vera, já mostra que ouve preocupação em ter ativos de qualidade -todos esses são ótimos para pele-. Não sei precisar o "grau" de efeito anti-idade do produto, até porque ele nem é tão focado nessa parte, mas eu gosto da sensação após o uso, e acho um produto mara pra usar durante o dia, deixando a pele fresca, suave e ao mesmo tempo tendo a sensação de que estamos tratando.

A noite prefiro usar algo "mais forte", se é que me entendem! hehe -quase 34, né mores? 

 

Aprovadíssimo!

 

Onde encontrar: vende exclusivamente aqui na Sephora.

 

-veja mais posts sobre produtos e tratamentos para a pele aqui.

 

 

 

20 junho 2018

Resenha: Água Micelar Bifásica Loreal

Categorias: Maquiagem, Pele, Produtos Testados

Resenha: água Micelar bifásica Loreal

Não só testei para resenha aqui no blog como também gravei uma comparação entre a água micelar comum e a água micelar bifásica, ambas da Loreal!

Vamos começar com a resenha e no final do post você confere o vídeo demaquilando com as duas. 😉

Vende em perfumarias de todo Brasil e também aqui na Beleza na Web, caso ainda não tenha chego aí na sua cidade.

 

Descrição do fabricante:

Água micelar bifásica para peles sensíveis. Tonifica, reequilibra e remove até maquiagem à prova d'água. L'Oréal Paris Dermo Expertise Água Micelar Bifásica intensifica a limpeza promovida pelas partículas de micelas, que absorvem e eliminam as impurezas do rosto, olhos e lábios, mas mantém a suavidade dos ativos. Dessa forma, não compromete a proteção natural das peles mais fragilizadas, nem deixa uma sensação oleosa desconfortável. Ou seja, tudo para deixar sua rotina de beleza muito mais saudável, fácil e prática!

 

Resenha: água Micelar bifásica Loreal Resenha: água Micelar bifásica Loreal Resenha: água Micelar bifásica Loreal

Eu uso assim: aplico com algodão em todo rosto, removendo a maquiagem. Nos óleos eu massageio levemente por 5 segundos antes de remover, assim evita ter que esfregar muito. Por fim lavo o rosto com sabonete líquido. Tenho usado esse da Darrow que é ótimo para pele oleosa e com acne.

 

Resenha: água Micelar bifásica LorealantesResenha: água Micelar bifásica Lorealuma passadaResenha: água Micelar bifásica Lorealremoção completa usando o outro lado do algodão (sem aplicar mais produto)

O que eu achei: uma coisa que gostei nessa água micelar bifásica é que diferente de boa parte dos demaquilantes bifásicos, ela não é metade óleo! O óleo ocupa apenas dois dedos do frasco, o que deixa a pele bem menos oleosa ao final da limpeza. E o melhor: mesmo assim ela é bem potente!

Tanto no vídeo quanto aqui no post a máscara de cílios que usei para remover é simplesmente o rímel mais chato de remover que tenho: a máscara a prova d'água Hypnose da Lâncome. A água Micelar bifásica removeu super bem, desmanchando toda a máscara, enquanto a água micelar comum apenas esfarelava o produto. Mostrei isso no vídeo!

No mais removeu perfeitamente bem toda a make, incluindo a base resistente a água -uso essa maravilhosa da Revlon- e o batom matte super resistente da Latika -usei esse na cor 35-. O delineador usei o 10h+ resistente a água da Vult.

Em resumo achei excelente para maquiagem resistente, que é justamente a proposta dela, mas só pra deixar bem esclarecido para make comum prefiro a Micelar normal, porque sinto a pele mais "gostosa" ao toque com ela.

E ah, meu problema com espinhas com água micelar parece ter me abandonado... desde que parei com Cerazette não sofro mais com isso. Ufa...

 

Onde encontrar: online tem aqui na Beleza na Web.

 

Vamos ao vídeo demaquilando? Caso não abra clique aqui.